Quarta-feira, 24 de Agosto de 2011

 

 

 

A Capela de São Bartolomeu “está situada no lugar de Vilella além do Rio Souza para a parte do sul”. É assim que o abade de Aveleda apresenta esta bonita capela nas Memórias Paroquiais de 1758. Refere ainda que “foy a dita capella feyta à custa dos frutos desta igreja e pertence a fábrica e administração della ao Abbade.” Há documentos que nos asseguram a existência desta capela logo no início do século XVIII. Numa nota de Visitação escrita em 20 de Junho de 1709 o visitador determina que se faça uma nova imagem do padroeiro e que se enterre a antiga. Por meados do século XVIII terá sido remodelada.

A Capela de São Bartolomeu encontra-se implantada num cruzamento de caminhos antigos e muito importantes. A Ponte de Vilela, muito próxima da capela, revela, pela sua dimensão e qualidade de construção, a importância destas vias. O nome do lugar indica um povoamento ancestral mas reduzido, provavelmente com períodos de abandono. Seria um local ermo e com vegetação densa, ideal para emboscadas aos caminhantes. Associado a este real medo dos assaltos estava, também, o mito da encruzilhada que desde sempre foi relacionado com feitiçarias e morada de espíritos diabólicos. Sensivelmente a nordeste eleva-se o monte do Alto do Pinouco com ocupação da Idade do Ferro.

Não é, pois, de estranhar que este espaço viesse a ser consagrado por uma capela. Esta veio criar um espaço público, com largo e carvalhos, denunciando um antigo centro festivo. Debaixo da sua protecção foram-se aglomerando casas e o lugar ganhou vida.

Trata-se de uma capela devota cuja arquitectura evidencia o gosto do Barroco de meados do século XVIII. É uma construção que demonstra um certo cuidado artístico, muito equilibrada e sólida. Na frontaria, o portal emoldurado é sobrepujado por uma almofada muito proeminente. Um óculo ovalado deixa entrar a luz. O entablamento suporta o imponente frontão clássico encimado por uma cruz. Os remates são feitos por pirâmides em cada extremo.

A capela é de uma só nave, sendo os seus alçados originalmente rebocados. No alçado esquerdo foi posteriormente acrescentado um nicho de alminhas, invocando aos viajantes uma oração pelas almas do Purgatório.

O interior da capela revela um belíssimo retábulo de meados de século XVIII, dentro do difundido “estilo joanino”. Trata-se de uma obra de talha de grande valor artístico e patrimonial. Nele encontram-se alguns vestígio de policromia, o que sugere que tenha sido pintado. A estatuária é de boa qualidade, contemporânea do retábulo, à excepção do padroeiro, São Bartolomeu, que é bem mais antiga. Trata-se de uma belíssima imagem em pedra policromada.

www.eb23-lousada.rcts.pt/lsd/monumentos.htm

 



publicado por José Carlos Silva às 20:58 | link do post | comentar

mais sobre mim
Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31



contador visitas en mi web
posts recentes

A festa em honra de Sant’...

Lousada Antiga

As capelas

Padre Joaquim António de ...

Feliz de Mendonça Baldaia...

Dote de casamento do Dr. ...

Casa D' Além-Romariz (Mei...

Casa D’ Além ou de Romari...

A coisa que mais me dói, ...

Doutor Joaquim Augusto da...

arquivos

Agosto 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

tags

1910

a igreja de são vicente de boim

a igreja _alvarenga

a paróquia de boim: breve enquadramento

adcl_lodares_lousada

adeus

alferes

almotacé

alvarenga

alvarenga_lousada

anthero pacheco da silva moreira

antónio

anúncio

aparecida

artesanato

artigos

aveleda

bibliografia

boa noite

boim

boim_lousada

caíde

caíde_lousada

calvário

caminho _de_ ferro_ de_ penafiel _á_ lix

caminho_de_ferro

capela

capela da fonte - boim

capelas

capelas_ públicas_lousada

capelas_de_lousada

capitão

capitão_mor

cargos e profissões dos proprietários de

carta

casa

casa da bouça (nogueira)

casa da lama

casa da quintã

casa de monte sines

casa de sequeiros

casa de sequeiros - lodares

casa _ vilar_lodares_lousada

casamento - joaquim da silva netto com d

casa_da_lama_lodares_lousada

casa_de_real_ficha

casa_do_vilar

casa_vila _verde

collegio_de_bairros

concelho

couto

covas

cristelos

crónicas

cruzeios_lousada

cruzeiros

cruzeiros_lousada

da

de

despedidas

desporto

do

donativo

eleição

eleição_ abdicação

em 1907.

enlace

escola

festa

figueiras

i congresso internacional da rota do rom

igreja paroquial de cristelos / igreja d

igreja paroquial de figueiras / igreja d

igreja: stº estevão de barrosas

iii jornadas de história local

lodares

lodares_lousada

lousada

meinedo

memória

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nossa

padre

paisagem_edificada_lousada

política

ponte _de_ vilela

ponte_espindo

porto

quaresma

reverendo

romaria

rota_românico

senhora

títulos

universidade de coimbra

todas as tags

links
subscrever feeds