Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010

Covas

            1758, Maio, 16

            I. A. N. T. T. Diccionario Geográfico. 1758, Vol. 12. fl.2993 a 3000.

 

José A. da Silva abbade na freguezia.de S. Joam de Covas do Arcebispado Primas de Braga, certifico em como aos doze dias do mês de Abril do prezente anno de mil e sete centos e sincoenta e oito, por ordem do muito Reverendo Doutor Provizor do Arcebispado Primas de Braga Recebi hum papel impresso em letra Redonda com interrogatorios para responder a elles na forma seguinte:

 

1.º - Provincia de entre Douro e Minho, Arcebispado Primas de braga, comarqua e termo do Porto, freguesia de Sam Joam de Covas.

2.º - He apresentaçam alternativa da mitra Primas e do venerando Balio de Lessa.

3º - Vezinhos tem setenta e quatro, pessoas de sacramento sento e setenta e tres, abzentes vinte, menores treze.

4.º - Esta situada ao pé do monte, e se descobre alguas povoaçoes, serras e montes como a serra de Silvares, e monte de Chistellos couza que nam chega aquarto de legoa, a villa de Arrifana de Sousa distante legoa e meia.

5.º - He termo da cidade do porto, concelho de Aguiar de Souza

6.º - A parochia esta no meio do lugar pera a parte do Norte, tem oyto lugares: - Lugar da Granja, Lugar de Almedinha, Lugar de Redemunhos, Lugar da Costa, Lugar do Passo, Lugar de Bougega, lugar do penedo, Lugar de Ribas.

7.º - O orago he Sam Joam Evangelista, tem tres altares, o altar, o altar mor de que he orago Sam Joam Evangelista, o altar de Sam Sebastiam, o altar de Nossa Senhora do Rozario, tem duas naves, a confraria do Santissimo Sacramento, a confraria de Nossa Senhora do Amparo, a irmandade das Almas.

8.º - O Parocho he abbade apresentaçam alternativa da mitra Primas de Braga e do venerando Balio de Lessa rende trezentos  mil reis pouco mais ou menos.

9.º - Nao ha beneficiados.

10.º - Nam tem conventos.

11.º - Nam tem hospital.

12.º - Nam tem Misericórdia.

13.º - Há tres ermidas, ou capellas, huma de Nossa Senhora do Amparo, no domingo do paschoello se festeza, acode bastante gente das vizinhanssas e no discurso do anno alguma mas pouca, da freguezia, sita no monte do Amparo a cappella de Nossa Senhora da vida que he do desembargador José Telles de Menezes acode pouca gente a romage, a cappella de Santa Catherina do mesmo desembargador nam acode ninguem a romagem.

14.º - falei diso

15.º - Os frutos da terra sam pam de milham, milho miudo senteio feijam, e vinho de ubeiros verde, tudo em abundancia, azeite.

16.º - Tem ouvidor (…), esta sujeita a Relaçam da cidade do Porto.

17.º - He concelho de Aguiar de Souza.

18.º - Sahio desta freguezia o Doutor José Telles de Menezes dezembargador de prezente na caza da suplicassam da cidade de Lisboa e Antonio do Couto Ribeiro, sargento mor na villa de Guimarães.

19.º - Nam ha feira nesta freguezia.

20.º - Nam tem correio.

21.º - Dista esta freguezia da cidade de Braga seis legoas, e de Lisboa pouco mais ou menos setenta.

22.º - Nam ha previlegios de que se faça memoria.

23.º - Tem fontes bastantes sem especialidade.

24.º - Fica distante do mar seis legoas pouco mais ou menos.

25.º- Nam tem muros nem prassa de armas.

26.º - Nam padeceo ruyna no terramoto.

27.º - Nam sei mais couza alguma a que possa responder.

 Segunda parte do papel impresso.

1.º - Ha nesta freguezia hum monte alto, que chamam do Amparo, por no alto delle estar huma cappella de Nossa Senhora do Amparo, e nam se chama serra mas monte do Amparo.

2.º- De comprido hum quarto de legoa pequeno, e de largo nam chega a meio quarto, prinsipia da fonte da Igreja de Santa Maria de Souzella e acaba junto a freguezia do Salvador de freamunde (…) do porto.

3.º - Nam tem nomes.

4.º - Nam nascem rios alguns no dito monte somente tem algumas agoas de preza pouca, que correm pera regar nossa freguezia as quais foram tiradas por minas, e curiosidade dos lavradores.

5.º - Nam tem villas, alguns lugares no principio que sam desta costa em que vivem pobres.

6.º - Nam tem fontes senam as ditas prezas.

7.º - Nam ha que responder.

8.º - As plantas sam carvalhos e subreiros, nam tem ervas medicinais nam se cultiva se nam quando se sapa algum pedasso do monte para cultivo de mato pera estrume.

9.º - Nam tem mosteiros nem igrejas.

10.º - Hé seco e frio.

11.º - Nam ha criaçam de gados nem de outros animaes, tem caça lemitada de coelhos levre perdis.

12.º- Nam tem lagoas nem fojos.

13.º - Nam sei mais que dizer

Terceira parte

1.º - Há um regatto que chamam o Rio Cortinhas, que parte com a minha freguezia e a de Santa Eulalia da ordem, o quall he lemitado, que de inverno tem agoa bastante e de veram muito pouca que passa em qualquer parte a pé, este tem seu principio em humas fontes de Sam Christovam dos Milagres sito na Serra de Santa Agueda em hum vale ao pé da Serra, que da freguezia de Santa Maria de Sousella.

2.º - Nasce como fica dito nam caudalozo, só tem inchentes.

3.º - Nam constam outros rios nelle, athe seajunta aoutros na freguezia de Sam Payo de Casaes, ena de Neovigilde.

4.º - Nam he navegavel.

5.º - Hé de curso arebatado com inchentes.

6.º - Corre da parte do Norte inclinado aparte do Sul, e poente.

7.º - Cria peixes que chamam trutas, escallos e vogas poucas e alguma enguia, e de tudo pouca abundancia.

8.º - Nam tem pescarias particulares e só no tempo que corre lhe armam nassas cada hum onde lhe parece e tambem redes que chamam tralhos.

9.º - Nam ha que responder.

10.º - Nam tem cultivaçam, tem ao pé das bordas arbores de amieiros, salgueiros, ubeiras, castanheiros com vides.

11.º - Nam tem virtude alguma.

12.º - Nesta freguezia e nas vizinhanssas nam tem outro nome senam de Cortinhas que sam huma ponte de pao, e logo abaixo no lugar de Carrezedo, outra ponte de pao e vay correndo para a freguezia de Sam Payo aonde se ajuntam outros regatos e dahi pera a de Neovigilde onde esta uma ponte de pedra que chamam ponte de Lagoas, e dahi caminha por deante e nam há memoria que tenha outros nomes so me dizem se chama o Rio mesio.

13.º - Vay morrer noutros rios, e delles pera o mar.

14.º - Tem levadas e asudes pera moer munhos, e regar campos e lameiros.

15.º -  fica dito.

16.º - tem munhos, e nam tem lagares de azeite nem noras nem outro algum engenho.

17.º - Nem neste tempo nem em outro se tirou ouro das areas delle.

18.º - Uzam os povos serviremse das agoas e nam tem pençam particular, se nam de suas fazendas.

19.º- O regato ou rio desta freguezia que bem das fontes de Sam Christovam dos milagres acaba no Rio Souza daqui legoa e meia, e vay correndo pellas freguezias de Sam Payo de Cazaes e de Neovigilde, e de Beyre até se meter no rio Souza onde finda. He do que posso informar e responder aos interrogatórios impressos que recebi com huma ordem do muinto Reverendo Senhor Doutor Provizor do Arcebispado Primas de Braga, o que fis, e asigno com os dous parochos mais vezinhos desta freguezia, o abbade de Santa Maria de Souzella deste Arcebispado, e o reytor de santa Eulalia da Ordem do Samto de Malta desse Arcebispado que comigo asignam, hoje Sam Joam de Covas 16 de Mayo de 1758. O abbade de S. Joam de Covas, Joze A da Silva, o abbade de Santa Maria de Souzella, Sebastiao Pinto de Macedo, o Reitor de Santa Eulalia da ordem, Pautaleam Machado de Abreu e Silva.

 

 



publicado por José Carlos Silva às 19:07 | link do post | comentar

mais sobre mim
Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31



contador visitas en mi web
posts recentes

A festa em honra de Sant’...

Lousada Antiga

As capelas

Padre Joaquim António de ...

Feliz de Mendonça Baldaia...

Dote de casamento do Dr. ...

Casa D' Além-Romariz (Mei...

Casa D’ Além ou de Romari...

A coisa que mais me dói, ...

Doutor Joaquim Augusto da...

arquivos

Agosto 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

tags

1910

a igreja de são vicente de boim

a igreja _alvarenga

a paróquia de boim: breve enquadramento

adcl_lodares_lousada

adeus

alferes

almotacé

alvarenga

alvarenga_lousada

anthero pacheco da silva moreira

antónio

anúncio

aparecida

artesanato

artigos

aveleda

bibliografia

boa noite

boim

boim_lousada

caíde

caíde_lousada

calvário

caminho _de_ ferro_ de_ penafiel _á_ lix

caminho_de_ferro

capela

capela da fonte - boim

capelas

capelas_ públicas_lousada

capelas_de_lousada

capitão

capitão_mor

cargos e profissões dos proprietários de

carta

casa

casa da bouça (nogueira)

casa da lama

casa da quintã

casa de monte sines

casa de sequeiros

casa de sequeiros - lodares

casa _ vilar_lodares_lousada

casamento - joaquim da silva netto com d

casa_da_lama_lodares_lousada

casa_de_real_ficha

casa_do_vilar

casa_vila _verde

collegio_de_bairros

concelho

couto

covas

cristelos

crónicas

cruzeios_lousada

cruzeiros

cruzeiros_lousada

da

de

despedidas

desporto

do

donativo

eleição

eleição_ abdicação

em 1907.

enlace

escola

festa

figueiras

i congresso internacional da rota do rom

igreja paroquial de cristelos / igreja d

igreja paroquial de figueiras / igreja d

igreja: stº estevão de barrosas

iii jornadas de história local

lodares

lodares_lousada

lousada

meinedo

memória

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nossa

padre

paisagem_edificada_lousada

política

ponte _de_ vilela

ponte_espindo

porto

quaresma

reverendo

romaria

rota_românico

senhora

títulos

universidade de coimbra

todas as tags

links
subscrever feeds