Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

1758, Abril, 15

I. A. N. T. T. Diccionario Geográfico. 1758, Vol. 20. fl.1009 a 1015.

 

Excelentissimo e Reverendissimo Senhor. O que tenho a dizer aos interrogatórios conforme a ordem de Vossa Excelencia é o seguinte:

1.º - Esta freguezia de Santa Marinha de Lodares esta situada na provincia de entre Douro e Minho, comarqua de Penafiel e Bispado do Porto e termo da Villa de Barcéllos.

2.º - São padroeiros desta freguezia alternativamente Sua Santidade e o senhor bispo e os religiosos Graça do Convento Cete.

3.º - Esta freguezia tem cento e dez fogos e trezentos e noventa e cete pessoas mayores e menores,

4.º - Esta a situada esta freguezia dentro no limites da Ribeyra Sousa e della se descobre a povoação da villa de Arrifana de Sousa, que fica distante meya légoa;

5.º - Nam tem termo seu próprio pertence ao concelho de Louzada que he do sobre dito termo de Barcéllos;

6.º - Esta igreja esta a meyo da freguezia ainda que ceparada dos lugares em pouca distáncia e tem quinze aldeias a saber Lodares = Solheira = Perpe = Johia = Souza = Souto = Ribeiro =Mellote = Pouzada e Bacello = Prazeres = Quintanes = Villar =Roupar = Siqueiros = Pontinhas e Boussó = Lama.

7.º - Orago desta freguezia he Santa Marinha de Lodares tem coatro altares, a saber o altar mor a onde está o sacrário do Santíssimo Sacramento a onde está também collocada a mesma imagem de Santa Marinha, Sam Lazaro, e Sam Caetano, tem o Altar de Nossa Senhora das neves aonde está colocada também Santa Santa Anna e santa Luizia e tem tambem tem o altar do Menino Jesuz a onde está tambem collocado Santo Antonio, e Sam Sabastiam; e tem tambem o altar das Almas com sua irmandade das mesmas Almas aonde esta tambe collocada huma imagem de Christo Crucificado.

8.º - O Parocho desta Freguezia he Abade e de prezente esta suspenso e tem emcomendado e aprezentação da igreja he dos padroeiros nomeados no segundo dos enterrogatórios poderá render pouco mais ou menos este benefício quinhentos mil reis.

9.º - Tem tres beneficiados simples que são huns cavaleiratos que se tiraram em huma denuncia que se fes deste benefício dos coais hum he o Reverendo Prior de Sudefeita que consta o seu cavaleirato de secenta mil reis e tem o Padre Cristouam da Silva Leão asistente na mesma freguezia, outro caveleirato de carenta mil reis e o Padre Ancelmo outro caveleirato de vinte mil reis;

10.º - Não tenho que responder a este enterrogatorio por nam haver nada no que nelle se contem.

11.º - Nem tambem tenho que responder ao undessimo.

12.º - Nem tambem de duodesimo.

13.º - Tem esta freguezia huma capella ou irmida de Santa Isabel esta esta asituada logo ao mesmo lugar de Lodares e pertence a mesma Freguezia.

14.º - A esta irmida acodem algumnes clamores de preciçoez em o dia mesmo Santa e em dia de Santo Antonio.

15.º - Os fructos desta terra he milho, e milham, e senteyo e bastante vinho verde.          

16.º - Esta freguezia he da jurisdissam do juiz ordinario e camera do concelho de Louzada que he sugeito ao Ouvidor da Villa Barcellos.

17.º - Nam tenho que Responder neste enterrogatorio Decimo Sétimo.

18.º - Nam há memoria nem consta nos homens que ouvesse nesta freguezia pessoas insignes, nem em letras, nem em armas.

19.º - Nam tem feira de nenhuma coalidade

20 - Não tem correyo e mais proximo mais se valle he o da Villa de Arrifana de Sousa que dista desta freguezia meya légoa. Este correio chega ao domingo pellas onze oras e parte a sesta feira de manham.

21.º - Dista esta freguezia da cidade do Porto capital deste bispado seis legoas e da de Lisboa capital deste reyno secenta pouco mais o menos.

22.º - Esta freguezia e juntamente todo o concelho de Louzadaa que he sugeita logra os privilegios da serenissima caza de Bragança.

23.º - Nam tendo que diga a este interrogatorio por não haver nesta freguezia contheudo no dito interrogatório.

24.º - Nem tambem tenho que responder a este interrogatorio vigessimo coarto

25.º - Nem tambem tenho que dizer a este vigessimo quinto.

26.º - Nem tambem tenho que responder a este vigessimo Sesto.

27.º - Nem tambem a este vigessimo sétimo.

Nam tenho que responder aos interrogatórios da serra por não haver serra no distrito desta freguezia.

 

Resposta a respeito de rios.

 

1.º - Pella devizam desta freguezia passa um rio que chamamo rio Souza pella parte do Sul, e me consta que nasce em hum sitio que chamam Margaride.

2.º - He de homilde nacimento e todo o anno corre ainda que em tempo de veram munto froixo.

3.º - Primeiramente nelle entra outro regato pequeno a que chamão Mezio o coal regato tambem passa pela divizão desta freguezia pella parte Norte e este se emcorpóra no do rio Souza a hum sitio a que chamam Souzelinha.

4.º - Nenhum destes rios he navegavel nem sam capazes de embarcações.

5.º - He o curso delles he quieto em toda a distancia.

6.º - O sobre dito rio Souza tem o seu curso da parte do nacente para a do poente; e o Mezio da parte do Norte para o Sul.

7.º - Ambos estes rios criam peixes meúdos como sam vogas e barbos e alguns escállos e trutas.

8.º - Em todo o anno se pesca nos ditos rios e as pescarias sam livres.

9.º - Sam livres e não ha nelles pesqueiras particulares.

10.º - As margens deste rio se cultivão e tem varias arvores de vinho verde.

11.º - Nam tem virtude particular as suas agoas.

12.º - Constame que estes rios em todas as partes conservam o mesmo nome sem haver memoria do contrario.

13.º - Este rio Souza morre em outro rio que chamam o Douro em o sitio que chamam Souza.

14.º - Estes rios tem asudes e levadas em várias partes por cuja rezão não podiam ser navegaveis que inda que não tiverão não podiam ademitir navegações pela aparvidade das agoas principalmente no tempo do verão.

15.º - Em o rio Souza no sítio desta freguezia tem hum passalisso de Pedra no lugar que chamam Souza E o Rio Mezio em o lugar que chamam Siqueiros tem outro passadisso de pedra em modo de ponte;

16.º - E no sobredito citio de Sousa tem o mesmo o Rio Souza duas rodas de moinho e não tem pizoines nem noras, tem hum lagar de azeite em hum sitio que chamam a lama que moy com gado;

17.º - Nam consta que nestes rios sobre ditos em algum tempo se tirace ouro;

18.º - O uzo das ágoas destes rios cada pessoa na sua testada he livre ainda que por cauza dos danos que com o uso de mais se faz aosmais vizinhos algumas vezes se pegam; ou quando o uso destas se vende a outros vizinhos para as poder extrahir, inquam por estesvizinhos nam poderem extrahir nas suas testadas.

19.º - Este rio Souza pouco mais ou menos podera ter seis legoas do nacimento athe (…) povoaçao no Douro e não me consta que passe por povoaçoes grandes só por campos montes e aldeias parvuazNam tendo notissia de couza mais alguma notavel de que possa dar notissia mais doque o contheudo nas respostas dos interrogatorios supra conforme a experiência e notissia que tenho; Lodares de Abril 15 de 1758 subdito de Vossa Excelência, o Padre encomendado, o encomendado Manuel Nunes da Rocha.

 

             



publicado por José Carlos Silva às 21:28 | link do post | comentar

mais sobre mim
Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31



contador visitas en mi web
posts recentes

A festa em honra de Sant’...

Lousada Antiga

As capelas

Padre Joaquim António de ...

Feliz de Mendonça Baldaia...

Dote de casamento do Dr. ...

Casa D' Além-Romariz (Mei...

Casa D’ Além ou de Romari...

A coisa que mais me dói, ...

Doutor Joaquim Augusto da...

arquivos

Agosto 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

tags

1910

a igreja de são vicente de boim

a igreja _alvarenga

a paróquia de boim: breve enquadramento

adcl_lodares_lousada

adeus

alferes

almotacé

alvarenga

alvarenga_lousada

anthero pacheco da silva moreira

antónio

anúncio

aparecida

artesanato

artigos

aveleda

bibliografia

boa noite

boim

boim_lousada

caíde

caíde_lousada

calvário

caminho _de_ ferro_ de_ penafiel _á_ lix

caminho_de_ferro

capela

capela da fonte - boim

capelas

capelas_ públicas_lousada

capelas_de_lousada

capitão

capitão_mor

cargos e profissões dos proprietários de

carta

casa

casa da bouça (nogueira)

casa da lama

casa da quintã

casa de monte sines

casa de sequeiros

casa de sequeiros - lodares

casa _ vilar_lodares_lousada

casamento - joaquim da silva netto com d

casa_da_lama_lodares_lousada

casa_de_real_ficha

casa_do_vilar

casa_vila _verde

collegio_de_bairros

concelho

couto

covas

cristelos

crónicas

cruzeios_lousada

cruzeiros

cruzeiros_lousada

da

de

despedidas

desporto

do

donativo

eleição

eleição_ abdicação

em 1907.

enlace

escola

festa

figueiras

i congresso internacional da rota do rom

igreja paroquial de cristelos / igreja d

igreja paroquial de figueiras / igreja d

igreja: stº estevão de barrosas

iii jornadas de história local

lodares

lodares_lousada

lousada

meinedo

memória

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nossa

padre

paisagem_edificada_lousada

política

ponte _de_ vilela

ponte_espindo

porto

quaresma

reverendo

romaria

rota_românico

senhora

títulos

universidade de coimbra

todas as tags

links
subscrever feeds