Segunda-feira, 28.05.12


tags:

publicado por José Carlos Silva às 19:47 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.09.10

 

Situa-se no centro do concelho, nas margens da estrada que liga Lousada a Felgueiras. É a menos populosa freguesia do concelho.

É imensa e abrangente a paisagem que daqui se forma sobe o vale do rio Sousa.

No século XI chegou a ter duas igrejas. Uma dedicada a Santa Marinha e outra a São João.[1]

Do templo construído a São João nada se sabe e o que era dedicado a Santa Marinha terá passado a Santa Maria.[2]

Parte da paróquia foi doada ao Mosteiro de Guimarães. Nessa doação estavam incluídos os bens patrimoniais de uma dama chamada Senhorinha que era da família “ dos Sousões” e outros bens que pertenciam às referidas igrejas locais.[3]

Havia nesta freguesia um casal que era “ honrado” por um mercador do Porto.[4]

A igreja matriz, no século XIII, era da família de D. Elvira Viegas, Senhora de Alvarenga, foi reconstruída no século XVII. “É um templo simples, embora possua no interior bons altares de talha dourada. Repare-se também numa bela imagem da padroeira com um menino ao colo.”[5]14    

 A Igreja matriz, Cruzeiros, Alminhas, a Quinta da Rabada e alguns conjuntos típicos rurais compostos por eirados e celeiros de madeira fazem parte do património construído da freguesia.

A principal romaria é em honra de Nossa Senhora da Natividade.

O Cruzeiro Paroquial

Situa-se no lugar da Igreja, num incaracterístico local sobranceiro, delimitado e a cem metros da Igreja matriz.[6]

É propriedade da Igreja Católica.

Construído em granito.

Desconhece-se a data da sua construção.

Está em bom estado de conservação.

É um vetusto Cruzeiro que se pode confundir com um Cruzeiro de via-crusis. É um Cruzeiro Paroquial e tem função processional. A procissão anda à sua volta e depois recolhe à Igreja.

Tem uma cruz latina, quadrangular, estriada e assenta na cornija do pedestal. A haste vertical é mais comprida que a horizontal.

Além da cornija, o pedestal é ainda composto pelo dado cúbico que está praticamente soterrado.

O Cruzeiro do Cemitério

Encontra-se adossado a meio do muro do topo nascente do Cemitério, sito no lugar da Igreja[7]

É propriedade da Junta de Freguesia de Alvarenga.

Construído em granito no ano de 1992.

Está em muito bom estado de conservação.

Tem uma cruz latina e quadrangular. A haste vertical é muito mais alongada que a horizontal. A cruz assenta no dado que é cúbico.

Na cruz está colocado um crucifixo em metal.

A plataforma é quadrangular e tem dois degraus.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



[1]  Ver MAGALHÃES, Prof. Altino – Revista Lousada. Lousada: Ed. Jornal Terras do Vale do Sousa, 1991, p. 21. Supl.

[2]  Ver Magalhães, Prof. Altino - loc. cit.

[3]  Ver Magalhães, Prof. Altino - loc. cit.

[4]  Ver Magalhães, Prof. Altino - loc. cit.

[5]  À Descoberta do Vale do Sousa – Rotas do Património Edificado e Cultural. (s.l.): Ed. Héstia Editores,  2002, 2ª edição, p. 90.

[6]  Ver anexos, fig. 1, p. 1.

[7]  Ver anexos, fig. 2, p. 2.

 

IN CRUZEIROS DE LOUSADA


tags:

publicado por José Carlos Silva às 20:59 | link do post | comentar

mais sobre mim
Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31



contador visitas en mi web
posts recentes

Alvavrenga

ALVARENGA

arquivos

Agosto 2015

Março 2015

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

tags

1910

a igreja de são vicente de boim

a igreja _alvarenga

a paróquia de boim: breve enquadramento

adcl_lodares_lousada

adeus

alferes

almotacé

alvarenga

alvarenga_lousada

anthero pacheco da silva moreira

antónio

anúncio

aparecida

artesanato

artigos

aveleda

bibliografia

boa noite

boim

boim_lousada

caíde

caíde_lousada

calvário

caminho _de_ ferro_ de_ penafiel _á_ lix

caminho_de_ferro

capela

capela da fonte - boim

capelas

capelas_ públicas_lousada

capelas_de_lousada

capitão

capitão_mor

cargos e profissões dos proprietários de

carta

casa

casa da bouça (nogueira)

casa da lama

casa da quintã

casa de monte sines

casa de sequeiros

casa de sequeiros - lodares

casa _ vilar_lodares_lousada

casamento - joaquim da silva netto com d

casa_da_lama_lodares_lousada

casa_de_real_ficha

casa_do_vilar

casa_vila _verde

collegio_de_bairros

concelho

couto

covas

cristelos

crónicas

cruzeios_lousada

cruzeiros

cruzeiros_lousada

da

de

despedidas

desporto

do

donativo

eleição

eleição_ abdicação

em 1907.

enlace

escola

festa

figueiras

i congresso internacional da rota do rom

igreja paroquial de cristelos / igreja d

igreja paroquial de figueiras / igreja d

igreja: stº estevão de barrosas

iii jornadas de história local

lodares

lodares_lousada

lousada

meinedo

memória

memória_paroquial

moinho

moinhos

nespereira

nevogilde

nogueira

nossa

padre

paisagem_edificada_lousada

política

ponte _de_ vilela

ponte_espindo

porto

quaresma

reverendo

romaria

rota_românico

senhora

títulos

universidade de coimbra

todas as tags

links
subscrever feeds